Senado aprova feriado nacional em homenagem a Irmã Dulce

A Comissão de Educação aprovou nesta quinta-feira (18) o projeto do senador Angelo Coronel (PSD-BA) que cria o feriado de Santa Dulce dos Pobres, a ser celebrado anualmente em 13 de março (PL 4.028/2019). A Irmã Dulce, como é conhecida, foi canonizada em 2019, tornando-se a primeira santa brasileira da Igreja Católica. O relator, senador Flávio Arns (Podemos-PR) destacou o trabalho da Irmã Dulce em prol dos mais necessitados. A proposta agora segue para análise na Câmara dos Deputados se não houver recurso para votação em Plenário.

Ela é a primeira santa nascida no Brasil e é conhecida como ‘Anjo bom da Bahia’. Durante toda sua vida, se dedicou a cuidar dos pobres e dos doentes, sendo conhecida por transformar um galinheiro em um hospital.

Ela teve dois milagres reconhecidos pelo Vaticano. O primeiro, em 2021, teria sido no Sergipe, onde as orações em seu nome teriam feito cessar uma hemorragia de uma mulher que padeceu durante 18 horas após dar à luz o seu segundo filho. Já em 2014, um maestro baiano voltou a enxergar após pedir pela intercessão da religiosa.

Fonte: Agência Senado / Folha Press

X