Juliano Cazarré diz sofrer preconceito por ser católico: ‘levo paulada’

Em entrevista à Ana Maria Braga, no “Mais Você”, da TV Globo, Juliano Cazarré deu uma declaração polêmica. O ator disse sofrer preconceito no meio artístico por ser um homem católico.

“Não é uma caminhada fácil se assumir católico no meio artístico, as pessoas estranham muito. Eu levo umas pauladas de vez em quando”, disparou Cazarré.

“Engraçado que quando eu voltei para igreja, já fazem vários anos, eu falei ‘que legal, eu tô voltando para a igreja do Brasil, vai ser muito bom, eu vou receber muito carinho’. Mas recebo cada paulada, também, cada pedrada”, contou o ator.

Juliano Cazarré também contou que se converter ao catolicismo o ajudou no relacionamento com sua esposa, Letícia Cazarré. “Inclusive isso da gente se abrir para mais filhos. A gente tinha dois e um dia a Letícia falou ‘você gostaria de ter mais um filho?’ Eu disse: ‘Graças a Deus que você falou isso, porque eu não ia pedir. Hoje em dia a gente ouve tanto o pessoal falando que a maternidade atrapalha a carreira e é difícil”, declarou.

“A gente teve o Gaspar, foi se convertendo, e pensou: ‘é, vamos ter os filhos que Deus mandar’. Onde come um, come quatro, come cinco, vamos nessa”, disse Cazarré. O casal é pai e mãe de Vicente, Inácio, Gaspar, Maria Madalena e Maria Guilhermina.