Arquidiocese de Natal aposta na divulgação de vídeos curtos para gerar adesão à fase de escuta do Sínodo 2023

Já na primeira reunião da Comissão arquidiocesana do Sínodo 2023 com representantes das comissões e setores da arquidiocese de Natal, realizada em setembro de 2021, as participantes definiram que seria importante investir em formas diferentes de divulgar o Sínodo para gerar envolvimento nos fieis na fase diocesana de escuta.

Esta primeira reunião teve também como objetivo apresentar o questionário proposto pela secretaria geral do Sínodo. Na foto de capa, padres, diáconos e leigos se reuniram para estudar o formulário enviado pela secretaria geral do Sínodo, dia 30 de outubro de 2021

O lançamento da fase diocesana do Sínodo 2023 aconteceu no dia 13 de outubro, na Catedral Metropolitana, durante uma missa em ação de graças pelos 30 anos do 12º Congresso Eucarístico Nacional, sediado em Natal.

Para ajudar a divulgar a fase da escuta para os fiéis, foi criada uma Equipe de Comunicação, composta pelo  Setor de Comunicação da Arquidiocese, coordenadores paroquiais da Pascom e alguns membros da Comissão Arquidiocesana do Sínodo.

De acordo com a Cacilda Medeiros, que integra a Equipe de Comunicação, a equipe centrou forças em produzir e veicular uma série de 16 vídeos, com um minuto de duração, com integrantes da Comissão Arquidiocesana, falando sobre o Sínodo e explicando cada pergunta a ser aplicada no questionário arquidiocesano. Como no exemplo a seguir, no qual o arcebispo dom Jaime Vieira Rocha, convida os diocesanos para participar do processo do Sínodo 2023.

Arcebispo de Natal, dom Jaime Vieira Rocha, convida para a participação no Sínodo 2023:

Hot site e cards para redes socais

A representante da Equipe de Comunicação do Sínodo 2023 na arquidiocese de Natal informa que também foram feitos vários posts (cards) explicativos para as redes sociais; entrevistas na Rádio da Arquidiocese e matérias na revista arquidiocesana A Ordem.

Segundo Cacilda, os vídeos e os cards, além de serem publicados nas redes sociais da Arquidiocese, também foram enviados para os coordenadores paroquiais da Pascom, com o pedido de que eles publicassem nas redes sociais e grupos de suas respectivas paróquias. Também foi criado um hotsite, no site da arquidiocese, para divulgar informações sobre o Sínodo 2023.

X