A Igreja terá um novo santo e dois beatos mártires

O papa Francisco recebeu reconheceu um milagre, dois martírios e as virtudes heroicas de sete novos veneráveis, incluindo dois bispos missionários e três leigas.

 

Segundo a Sala de Imprensa da Santa Sé, o papa autorizou a Congregação para as Causas dos Santos a promulgar o decreto que reconhece o milagre atribuído à intercessão do beato Artemide Zatti, professor leigo da Sociedade de São Francisco de Sales (1880 -1951), médico e missionário na Patagônia, beatificado por João Paulo II em 2002. O milagre foi a recuperação de um filipino de Tanauan Batangas, que teve um grave acidente vascular cerebral isquêmico, agravado por uma forte hemorragia.

 

Sua família não tinha meios para operá-lo e o levou para casa. Três dias depois, o paciente subitamente removeu sua sonda nasogástrica e oxigênio e pediu permissão para comer. Seu irmão, salesiano coadjutor de Roma, havia rezado por sua recuperação e, no mesmo dia em que foi internado, começou a rezar pela intercessão do beato Artemide Zatti.

 

O papa tabém reconheceu o martírio dos servos de Deus Giuseppe Bernardi e Mario Ghibaudo, padres diocesanos mortos pelos nazistas por ódio à fé em 19 de setembro de 1943.

 

Francisco também autorizou o reconhecimento das virtudes heroicas do servo de Deus Martino Fulgenzio Elorza Legaristi, da Congregação da Paixão de Jesus Cristo e primeiro bispo da prelazia de Moyobamba (1899-1966), e do servo de Deus Francesco Costantino Mazzieri, da Ordem dos Frades Menores Conventuais, bispo de Ndola (1889-1983).

 

Também foram reconhecidas as virtudes heroicas da serva de Deus Lucía Noiret, fundadora da Congregação das Servas do Sagrado Coração de Jesus sob a proteção de são José (1832-1899); da serva de Deus Casimira Gruszczyńska, fundadora da Congregação das Irmãs Franciscanas dos Aflitos (1848-1927); da serva de Deus Aurora Calvo Hernández-Agero, fiel leiga (1901-1933); da serva de Deus Rosalía Celak, fiel leiga (1901-1944) e da serva de Deus María Aristea Ceccarelli, fiel leiga (1883-1971).

Fonte: Vaticanews

 

X